GESTÃO DE TI: saiba o que é, quais são as principais práticas e os inúmeros benefícios que seu negócio pode ter

A gestão de TI pode assustar muitos empreendedores por parecer um processo complexo de ser implementado. Mas é aí que eles se enganam! Com um parceiro adequado e um bom planejamento e execução, ela irá facilitar o dia a dia da sua empresa e otimizar inúmeras operações. 

Continue conosco para aprender mais sobre a gestão de TI e suas vantagens. Com certeza, o assunto vai te ajudar a tomar melhores decisões em relação à tecnologia utilizada nos processos do seu negócio.

O que é gestão de TI?

A gestão da Tecnologia da Informação é o setor responsável pela manipulação dos recursos tecnológicos utilizados dentro de uma empresa, desde o software que controla o estoque até os computadores que seus colaboradores usam no dia a dia. 

O foco está principalmente no tratamento, armazenamento e proteção das informações da empresa, cuidando do fluxo que acontece desde a coleta dos dados, até seu armazenamento, seleção, comparação e distribuição. 

Toda essa administração de atividades, soluções e recursos tecnológicos é feita para que seja possível otimizar o armazenamento e acesso das informações e, como consequência, facilitar a rotina da sua equipe, que pode produzir mais em menos tempo e com melhor qualidade. 

Quais práticas fazem parte da gestão de TI?

Como todo setor voltado para a administração, a gestão de TI também tem metodologias específicas que guiam a atuação dos profissionais para que tudo seja feito dentro da legalidade e de boas práticas. 

Essa padronização na forma de realizar os procedimentos tem como objetivo garantir a segurança, acessibilidade e integridade dos dados e processos no setor de Tecnologia. Vem saber mais sobre esses tópicos importantes!

ITIL

ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é um conjunto de boas práticas para o gerenciamento de serviços de TI, que organiza todo o seu ciclo de vida, desde a concepção até o encerramento.

Esse framework organiza o processo de trabalho da TI para que esteja alinhado com as necessidades específicas da organização, seja otimizando a prestação de serviços, reduzindo custos ou melhorando o desempenho dos setores envolvidos. 

COBIT

O Controle de Objetivos para a Informação e Tecnologia Relacionadas (COBIT) é uma metodologia para a Governança de TI, ou seja, é um conjunto de práticas que gerencia os recursos e ferramentas dessa área.

São diretrizes para garantir a integridade e controle das categorias de processos, práticas, modelos, princípios, pessoas, informações, infraestrutura, aplicativos e estruturas organizacionais. 

Incidentes ou requisições?

Para organizar os chamados recebidos pelo departamento de TI, conseguir analisá-los e, claro, resolvê-los, é preciso utilizar a classificação adequada para cada tipo de demanda.

A ITIL define um incidente como a interrupção não planejada de um serviço de TI ou a redução inesperada da sua qualidade, como a falha de um disco de um conjunto espelhado, por exemplo. 

Nesse caso, o gerenciamento de incidentes prevê que o serviço seja restabelecido o mais rápido possível para que a operação volte a acontecer em ritmo normal, evitando grandes impactos negativos para o negócio. 

Já a requisição, como o próprio nome sugere, é um pedido por informações, recomendações, pela alteração de um padrão ou para obter acesso a um serviço de TI, como quando um usuário solicita a redefinição de senha, por exemplo. 

Gestão de mudanças

A ITIL recomenda algumas diretrizes para o desenvolvimento da estratégia de gestão de mudança de TI, que tem início assegurando que todas as alterações propostas sejam devidamente avaliadas tanto pelos benefícios quanto pelos riscos, além de considerar todos os seus impactos. Em seguida, é preciso priorizar as mudanças que trazem benefícios diretos para as necessidades do negócio.

Assim como boa parte das estratégias de TI, as alterações precisam ser exaustivamente testadas para que haja aperfeiçoamento. Além disso, é importante que exista sempre a possibilidade de restaurar o estado anterior em caso de falhas. 

Por último, a equipe deve garantir que o sistema de gerenciamento de configurações seja atualizado para que as alterações possam surtir efeito. 

Gerenciamento de fornecedores

O gerenciamento de fornecedores é um processo que está previsto no livro Desenho de Serviços que faz parte da ITIL, mas que deve acontecer durante todo o ciclo de vida do serviço. 

Essa gestão é focada em valorizar o dinheiro que a empresa está investindo no fornecedor, acompanhando de perto o serviço prestado desde a contratação do plano até as ações para melhoria da parceria. 

Gestão de ativos

A gestão de ativos de TI é uma estratégia dedicada ao cuidado de todos os bens tecnológicos de uma empresa, sejam eles físicos ou virtuais. Isso engloba os hardwares, como os roteadores e servidores, os softwares, como os sistemas operacionais e backup e, não menos importante, o consumo e insumos que vão desde a energia elétrica até a segurança física.

Essa administração atenciosa faz com que as empresas invistam onde realmente há necessidade, sem gastar mais do que é preciso ou fazer uma compra equivocada, principalmente porque a área de TI está sempre atrelada a altos custos. 

Dessa forma, fica mais fácil cancelar licenças de softwares que não estão sendo utilizados e focar em ter as versões mais atualizadas daqueles que são superimportantes para a empresa, garantindo a melhoria contínua de todo o processo e, inclusive, das condições de trabalho. 

Gerenciamento de problemas

Essa gestão é o processo responsável por administrar o ciclo de vida de todos os problemas que chegam ao departamento de TI. 

Esse é um processo extremamente importante para a área, visto que os problemas são a causa raiz de um ou mais incidentes, que aumentam a demanda da equipe. 

O gerenciamento de problemas se divide em seis etapas, que vão desde a sua detecção, passando pelo registro, investigação e diagnóstico, até o fornecimento de solução e o seu encerramento. 

Gestão de conhecimento

O processo de gerenciamento do conhecimento previsto na ITIL tem como objetivo reunir, analisar, armazenar e compartilhar conhecimento e informações importantes dentro da organização, para que não haja necessidade de adquirir novamente um conhecimento que a empresa já possui ou já desenvolveu. 

Uma consequência dessa gestão é melhorar a qualidade da tomada de decisão, uma vez que informações exatas e confiáveis estarão disponíveis durante todo o ciclo de vida do serviço. 

Gestão das atualizações de software

O gerenciamento da atualização de software é um processo necessário para garantir a segurança e o bom funcionamento dos sistemas de tecnologia das empresas, trazendo benefícios importantes como a correção de falhas, melhora no desempenho e a chegada de novos recursos. 

A falta de gestão dos softwares pode sujeitar a companhia a ataques cibernéticos, invasões e outros tipos de crimes. Esses problemas, além de afetarem a credibilidade e a privacidade, ainda trazem grandes prejuízos financeiros. 

Benefícios que a gestão de TI traz para o mundo corporativo

Agora que você já sabe o que é gestão de TI e conhece alguns dos grandes pilares dessa área, é normal se perguntar, na prática, quais são os benefícios que esses processos podem trazer para a sua empresa no dia a dia. É justamente isso que será abordado agora!

Uma gestão de TI bem feita aumenta a produtividade da empresa como um todo, já que traz ferramentas que tornam o dia a dia das equipes mais simples e com processos mais curtos, eliminando afazeres que seriam repetitivos e mais demorados. 

E já que estamos falando de ganhos, tem redução nos gastos da sua empresa também, uma vez que o gerenciamento correto evita custos desnecessários, ainda que a implementação da gestão de TI traga um custo no início.

E para continuar ganhando, é preciso passar confiança e credibilidade, o que só é possível com segurança da informação. Uma gestão de TI bem planejada e executada cuida desse setor com muito cuidado e atenção. 

O atendimento ao cliente também é beneficiado com a integração dos canais de comunicação. Todos os setores da empresa podem ter acesso rápido às informações mais importantes para resolver a demanda trazida pelo usuário da maneira mais eficaz possível. 

Além disso, ter um sistema integrado facilita a coleta e análise dos dados, que pode resultar na identificação de novas oportunidades de venda e frentes de negócio e em uma administração mais atenta à performance dos processos, custos mensais e outros dados importantes.

Para ter todos esses benefícios na sua empresa, conte com um parceiro com profissionais com mais de 15 anos de experiência em proporcionar uma gestão completa do ambiente de TI, como a ArkenTec.

Com essa parceria, os processos e rotinas administrativas serão pensadas de acordo com a sua necessidade e alinhadas a uma equipe capacitada e proativa. A entrega será sempre com serviço personalizado e a melhor relação de custo e benefício. Entre em contato conosco para saber mais!

Posts Relecionados: