ENTENDA PORQUE SUA EMPRESA PRECISA DE UM PLANO DE DISASTER RECOVERY

Atualmente, é cada vez mais difícil encontrar empresas que não utilizem a Tecnologia da Informação para processar dados em um período menor de tempo e com maior eficiência. 

Esse processo envolve o uso de diversas ferramentas digitais, desde e-mails ao armazenamento em nuvem, além dos computadores, notebooks e dispositivos wireless, que são inseridos no dia a dia dos departamentos e fazem parte do bom funcionamento da empresa. 

Mas surpresas desagradáveis podem acontecer e a TI pode parar de funcionar por inúmeros motivos, provavelmente inesperados. É nesse momento que entendemos a importância de um plano de Disaster Recovery para que a instituição possa dar continuidade nos seus negócios, independentemente das condições internas ou externas. 

Para saber mais detalhes sobre o assunto, inclusive da importância para a sua empresa, continue conosco neste artigo!

O que é um plano de Disaster Recovery?

De forma objetiva, o plano de Disaster Recovery é um documento com a descrição de todos os métodos e procedimentos que a sua empresa terá que realizar para se recuperar de uma perda de dados grave. 

Seu objetivo é funcionar como um manual de como restabelecer os serviços da empresa no prazo mais curto possível, com custo reduzido e com o menor impacto para a operação do seu negócio. 

Como funciona? 

Graças ao plano de Disaster Recovery, sua empresa nunca vai perder as informações que fazem com que ela funcione de forma eficaz e produtiva, mas, antes de desenvolvê-lo, é preciso levantar algumas informações. 

O primeiro passo é ter os contatos de emergência de todos os colaboradores e, principalmente, da equipe de TI. Afinal, são eles que terão esse manual de como realizar a recuperação dos dados.  

Dentro da sua equipe de TI, selecione aqueles que serão responsáveis pelos processos de recuperação dos servidores, aplicativos, sistemas e todos os equipamentos que fazem parte do bom funcionamento da rede.

Uma vez que essas informações básicas e iniciais foram devidamente coletadas, é hora de montar um plano de recuperação para um evento catastrófico.

Desenvolva um inventário detalhado com todos os seus ativos de TI, desde os servidores aos dados em si. Em seguida, determine quais são as ferramentas adequadas para a recuperação, levando em conta as dependências e o nível de criticidade. Nessa hora, ter uma equipe especialista é essencial. 

Com o plano de Disaster Recovery montado, é preciso colocá-lo em prática diversas vezes para testar e aperfeiçoar essa versão inicial. Essa também é uma boa forma de analisar a capacidade da empresa, quais são as possíveis ameaças para ela e entender de onde podem vir as maiores emergências. 

Por que sua empresa deve ter um plano de Disaster Recovery? 

Um dos pontos mais importantes para que se perceba a importância de ter um plano de Disaster Recovery é notar que se trata de uma medida preventiva. 

Isso porque, quando um plano de recuperação é desenvolvido, é preciso pensar em qual será o processo para diminuir o máximo possível ou, no melhor dos cenários, eliminar os riscos de uma grande tragédia de perda de dados. Afinal, embora um desastre seja um evento não planejado, a empresa pode se preparar para ter a melhor reação possível para resolver os problemas gerados de forma eficaz. 

Além do grande benefício da prevenção, ter um plano de recuperação de desastres agrega valor para a sua empresa, já que haverá mais segurança para fornecedores e clientes. 

E os benefícios não param por aí! Com o plano de Disaster Recovery você evita prejuízos, já que vai conseguir recuperar seus dados em pouquíssimo tempo e manter o ritmo das atividades operacionais. Se você já está convencido de como ter um plano de recuperação é essencial para a sua empresa, entre em contato com nossos especialistas. Podemos te ajudar com toda a infraestrutura necessária para que a sua operação de TI continue segura, mesmo em situações críticas.

Posts Relecionados: